Silvana Simão

Como foi a sua experiência como palestrante do 11° Congresso Brasileiro de Estética e Cosmetologia?

Para mim foi única, eu nunca tinha me apresentado em cima do palco. Como professora eu já dou aula a um tempo e domino a sala de aula, mas em cima do palco foi um desafio. Gostei, espero ter conseguido contribuir com o meu conhecimento e ajudado algumas colegas. Achei um diferencial bacana vocês colocarem um esteticista, porque quando eu estou do outro lado, eu quero ouvir os esteticistas também.

Qual a sua dica para o futuro profissional dos congressistas participantes?

Acho que uma dica que eu falei no palco e vou ressaltar é que nós não podemos, hoje mais que nunca, parar de nos atualizar, de nos capacitar. Nós vivemos um momento de migração de outras profissões para a estética, que está cada vez mais competitiva, então acho que nós temos que nos capacitar e nos diferenciar.