Fernanda Machado Soares

Como foi a sua experiência como palestrante do 11° Congresso Brasileiro de Estética e Cosmetologia?

Foi legal, eu vi que as pessoas ficaram bem quietinhas, geralmente elas querem fazer perguntas, mas foi diferente no congresso, de modo geral tem muita gente querendo participar e interagir. Foi super positivo.

Qual a sua dica para o futuro profissional dos congressistas participantes?

Não fica no basicismo não, aprofunda, quem entende de química do corpo, a bioquímica, entende de qualquer assunto e para discutir tete a tete com qualquer pessoa, se você sabe a sua história lá de dentro fica muito mais fácil chegar na superfície. Se aprofundem.